UEL 2010

31) Analise o gráfico e leia o texto a seguir:
(Ministério do Trabalho e Emprego, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (MTE/CAGED))
Nota: Saldo = Admissões – Demissões
A crise econômica mundial poderá produzir um aumento considerável no número de pessoas que aumentarão as filas de desempregados, trabalhadores pobres e trabalhadores com empregos vulneráveis, afirma a Organização Internacional do Trabalho (OIT) em seu relatório Tendências Mundiais do Emprego. [. . . ] o relatório assinala que o desemprego no mundo poderia aumentar em 2009 em relação a 2007 entre 18 e 30 milhões de trabalhadores e até além de 50 milhões caso a situação continue se deteriorando” (Relatório da OIT sobre as tendências mundiais de emprego para 2009. Organização Internacional do Trabalho (OIT) – Brasil. Disponível em <http://www.oitbrasil.org.br/get_2009.php&gt;. Acessado em 25 de agosto de 2009.)
Com base nos conhecimentos sobre o tema e no gráfico, é correto afirmar, que no Brasil, nos últimos dois anos período da última crise do capitalismo mencionada no texto
a) houve uma elevação no saldo de empregos com carteira assinada
b) houve uma elevação nas admissões e no saldo de empregos com carteira assinada.
c) houve uma redução nas demissões e aumento das admissões com carteira assianda.
d) houve uma redução no saldo de empregos com carteira assinada.
e) manteve-se constante o saldo de empregos com carteira assinada.
Resposta: D

UEL 2008

33) Observe o gráfico a seguir:
 
(PNUD, Atlas Racial Brasileiro – 2004)

 

De acordo com os dados e os conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar:
a) A pobreza é um fenômeno que afeta basicamente a população de cor branca, uma vez que, em todo período mostrado no gráfico, a porcentagem de indigentes brancos aumentou em relação à porcentagem de brancos pobres.
b) Após 1990, aumentou a proporção de brancos abaixo da linha de indigência, que passou de pouco mais de 10% para aproximadamente 25% do total da população.
c) Após 1994, a proporção de negros pobres no total da população negra no Brasil permanece em torno de 50%, enquanto varia aproximadamente em torno de 20 a 25% a proporção de brancos pobres no mesmo período.
d) A pobreza é um fenômeno que é afetado pela raça ou cor, enquanto que a indigência não demonstra ter relação com a questão racial, uma vez que a variação entre negros indigentes e brancos pobres é bastante aproximada em todo o período.
e) A pobreza é um fenômeno que vem aumentando continuamente em toda população brasileira ao longo do período que vai de 1982 a 2003, demonstrando os equívocos dos estudos sobre desigualdade baseados nas variáveis de raça ou de cor.
resposta: C

UEL 2007

29- O gráfico, a seguir, representa a variação nos
índices de pobreza no Brasil, desde 1992, de
acordo com os dados do PNAD (Pesquisa
Nacional por Amostra por Domicílio, do IBGE),
coletados em outubro de cada ano (marcados
pelos pontos no gráfico). Tomando por base as
informações contidas no gráfico, os períodos de
governo dos presidentes brasileiros desde 1992,
e nos conhecimentos sobre o tema, assinale a
alternativa que indica os dois períodos em que
se iniciam as quedas mais acentuadas da
miséria nos últimos 14 anos:
 
 
Fonte: CPS/FGV a partir dos microdados da PNAD/IBGE
*Definida como a parcela da população que tem renda per capita inferior a 121 reais a preços da grande São Paulo ajustada por diferenças regionais de custo de vida. Revisamos os deflatores regionais com base na última Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) do IBGE feita em 2003. Vide nota sobre metodologia.
OBS: 1994 e 2000 são médias dos anos adjacentes. Nesses anos a PNAD não foi
a campo.
Fonte: NEGRI, M. C.. Miséria, desigualdade, estabilidade: o
segundo Real. Rio: FGV/CPS, p. 3. http://www.fgv.br/cps
/pesquisas/site_ret_port/RET_Texto.pdf Acessado em 15 de nov
de 2006.
a) Impeachment do presidente Fernando Collor de
Melo e posse do presidente Luís Inácio Lula da
Silva.
b) Implantação do Plano Real e posse do segundo
mandato do presidente Fernando Henrique
Cardoso.
c) Impeachment do presidente Fernando Collor e
implantação do Programa Bolsa Família.
d) Implantação do Plano Real e Implantação do
Programa Bolsa Família.
e) Posse do primeiro governo do presidente
Fernando Henrique Cardoso e eleição do
presidente Luís Inácio Lula da Silva.
resposta: D

UEL 2003

23- Observe o quadro a seguir.
Fonte: BRASIL. Ministério Extraordinário de Segurança Alimentar. Política de Segurança Alimentar para o Brasil. Brasília, 2003.
Com base no quadro e nos conhecimentos sobre as estratégias de combate à fome no Brasil, considere as afirmativas a seguir.
I. É necessário coordenar políticas de longo prazo com ações emergenciais na luta contra a fome.
II. A eficácia do combate à fome depende da substituição da agricultura familiar pela agroindústria.
III. Políticas estruturais e de geração de emprego e renda são fundamentais para a erradicação da fome.
IV. Um aumento na oferta de alimentos teria como conseqüência o fim da fome no Brasil.
Estão corretas apenas as afirmativas:
a) I e II.
b) I e III.
c) II e IV.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.
resposta: B

UEL 2003

36 – O desemprego vem aumentando desde a década de 1980 em todo o mundo, nos países pobres e ricos. As explicações mais disseminadas entre acadêmicos e jornalistas referem-se sobretudo às inovações tecnológicas, às mudanças no modo de organizar a produção e à defasagem na qualificação dos trabalhadores. Contudo, alguns economistas têm apresentado uma outra variante fundamental para o entendimento do fenômeno do desemprego: o crescimento econômico. Sobre essa variante observe o gráfico abaixo, com dados da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

(Folha de S. Paulo, 1 maio 1998. Caderno Especial – Trabalho, p. 2.)
A partir da leitura do gráfico, considere as seguintes afirmativas sobre a redução do emprego.
I. Comparando-se os períodos de 1964-1973 e 1983-1992, os EUA foram o único país a ter um aumento da taxa de desemprego combinado com a elevação da taxa de crescimento econômico.
II. No período de 1983-1992, a França e o Reino Unido apresentaram os menores índices de desemprego entre os países desenvolvidos.
III. Nos períodos de 1964-1973 e 1983-1992, o Japão foi o único país a registrar um aumento relativamente pequeno no índice de desemprego, apesar de apresentar uma grande diminuição na taxa de crescimento econômico.
IV. O baixo índice de desemprego nos países desenvolvidos no período de 1964-1973 ocorre ao mesmo tempo em que se verificam taxas de crescimento econômico maiores do que as observadas no período 1983-1992, com exceção dos EUA.
Estão corretas apenas:
a) I, II e III.
b) I, III e IV.
c) III e IV.
d) II e IV.
e) I e II.
resposta: B

Blog Stats

  • 253,014 visitas
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 109 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: