UEM 2008 – verão

Questão 08
Sobre as teorias sociológicas a respeito do Estado,
assinale o que for correto.
 
01) Algumas teorias sociológicas afirmam que o Estado é
necessário para garantir a unidade de uma sociedade
dividida em classes sociais, favorecendo, assim, os
interesses das classes dominantes.
02) Para alguns sociólogos, o que diferencia o Estado das
demais instituições é o fato de ele ter o direito
legítimo e exclusivo do uso da força.
04) Segundo alguns sociólogos, em sociedades
complexas, o Estado é uma instituição fundamental
para garantir a coesão social, sobrepondo-se às
demais instituições e regulando sua coexistência.
08) Há um consenso na sociologia de que o Estado é um
fenômeno exclusivamente ocidental e próprio do
modo de produção capitalista. Nas demais
sociedades, não se encontram instituições que
assumam funções correlatas.
16) De acordo com algumas interpretações, o Estado é
fundamental para assegurar as próprias condições de
funcionamento da economia de mercado, embora
muitos liberais rejeitem sua intervenção.
 
resposta: 23

UEL 2009

22) Leia o texto a seguir.
Texto I
“Tribunais do crime” mataram ao menos 9
[…]
Os ‘tribunais’ [do crime] são ‘julgamentos’ comandados por um presidiário do PCC que assume o papel de
‘juiz’ para determinar, por meio de um celular, a morte ou não de uma pessoa – seja ela ligada ou não ao
PCC.
Escutas telefônicas mostram como funcionam os ‘tribunais do crime’:
Pessoa 1: Alô […]
Pessoa 2: Então, é aquilo que eu falei lá! Se o cara quiser vir, pode arrancar esse moleque aí, pegar, matar,
raspar e sair fora, que é para [ele] ficar esperto […]. É essa a idéia: se quiser, é já para esticar o cerol [matar].
(Folha de São Paulo, 21 set. 2008. Caderno cotidiano, p. C-4.)
O texto retrata uma prática que tem se tornado comum em várias cidades brasileiras devido à existência de
organizações criminosas ligadas, principalmente, ao tráfico de drogas.
De acordo com a perspectiva teórica de Émile Durkheim, o texto expressa
a) a importância de se constituírem, no interior da sociedade, novas formas de consciência coletiva que se manifestem contrárias àquela dominante, reconhecida institucionalmente.
b) que a harmonia social tem como um de seus pressupostos a eliminação física e brutal dos indivíduos com comportamento coletivo desviante, por instituições paralelas ao poder estatal.
c) a importância de todos os setores da vida social possuírem estrutura institucional, pois, sendo a sociedade um grande organismo, inclusive o crime deve ser organizado.
d) que os indivíduos são anteriores à sociedade, ou seja, podem agir de forma autônoma e, se assim for necessário, podem agir contrariamente às normas coletivas.
e) aspectos de um quadro anômico, pois, embora certa taxa de crime seja normal em todas as sociedades, a prática assinalada indica a perda de vínculos sociais e morais básicos para a existência da coesão social.
resposta: E

UEL 2004

29- O sociólogo francês Émile Durkheim (1858-1917) considera a “comunhão de valores morais” a condição fundamental e primeira para a construção da coesão social. Para ele, a moral (conjunto de valores e juízos direcionados à vida em comum) é o amálgama que une os indivíduos à vida em grupo. A moral traça as orientações da conduta ideal para as pessoas, e parte do seu conteúdo se materializa em normas e regras. Durkheim afirma o papel do regulamento moral para a integração social, insistindo que a moral é o mínimo indispensável, sem o qual as sociedades não podem viver em harmonia. Esses pressupostos, a respeito das condições para o bom convívio dos indivíduos numa coletividade, permitem a formulação de uma avaliação específica sobre o problema da criminalidade violenta praticada por jovens no Brasil, hoje. Indicam-se, a seguir, algumas possíveis propostas de ação para enfrentar esse problema. Assinale a alternativa que está em conformidade imediata com os pressupostos sociológicos mostrados no texto.
a) Priorizar o combate ao narcotráfico, ao crime organizado, aos esquadrões da morte e a unificação das polícias.
b) Estimular a produção econômica para a geração de empregos, enfatizando aqueles voltados à população de 15 a 24 anos.
c) Promover a instituição familiar; reforçar o papel socializador da escola com ênfase na educação para a paz e para a cidadania e melhorar o funcionamento do sistema legal.
d) Detectar antecipadamente os jovens portadores de personalidade irritável, impulsiva e impaciente e providenciar o tratamento terapêutico como política pública.
e) Investir no controle da natalidade, reduzindo o número de nascimentos a médias compatíveis com os índices de desenvolvimento econômico previstos.
resposta: C

Blog Stats

  • 1.353.147 visitas
%d blogueiros gostam disto: