Unicamp 2015

(Unicamp 2015)

Sinto no meu corpo

A dor que angustia

A lei ao meu redor

A lei que eu não queria

 

Estado violência

Estado hipocrisia

A lei que não é minha

A lei que eu não queria

“Estado Violência”, Charles Gavin, em Titãs, Cabeça Dinossauro, WEA, 1989.

A letra dessa música, gravada pelos Titãs,

a) critica a noção de Estado e sua ausência de controle, aspectos comuns ao liberalismo e ao marxismo.

b) constata que o corpo físico e o corpo político se relacionam em sociedades de controle.

c) critica o autoritarismo policial e o modelo de regulação proposto pelo anarquismo.

d) constata que o Estado autoritário, mesmo com boas leis, é sabotado pela figura do policial.

 

Resposta: B

Anúncios

1984 – filme de 1956

1984 é um filme de ficção científica britânico de 1956, dirigido por Michael Anderson, baseado no livro homônimo do autor inglês George Orwell.

UEM 2008 – inverno

07 – Ao discorrer sobre ideologia, Marilena Chauí afirma
que “(…) a coerência ideológica não é obtida
malgrado as lacunas, mas, pelo contrário, graças a
elas. Porque jamais poderá dizer tudo até o fim, a
ideologia é aquele discurso no qual os termos
ausentes garantem a suposta veracidade daquilo que
está explicitamente afirmado”. (O que é ideologia.
São Paulo: Brasiliense, 1981, p. 04). Considerando
o texto acima e o conceito de ideologia para Karl
Marx, assinale o que for correto.
 
01) Na maioria das sociedades capitalistas, as
desigualdades são ocultadas pelos princípios
ideológicos que afirmam a importância dos
seguintes elementos: o progresso, o “vencer na
vida”, o individualismo, a mínima presença do
Estado na economia e a soberania popular por
meio da representação.
02) Ideologia corresponde às idéias que
predominam em uma determinada sociedade,
portanto expressa a realidade tal qual ela é na
sua objetividade.
04) Uma pessoa pode elaborar uma ideologia,
construir uma “questão” individual sem
interferências anteriores e influências
comunitárias para a sua sustentação. Assim,
com base em sua própria ideologia, ela poderá
refletir e agir em sua sociedade.
08) Na sociedade brasileira, a ideologia da
democracia racial afirma que índios, negros e
brancos vivem em harmonia, com igualdade de
condições. Essa formulação omite as
desigualdades étnicas existentes no país.
16) Ideologia consiste em idéias que predominam na
sociedade e que, por isso, são internalizadas por
todos os indivíduos. Portanto não existem
possibilidades de se romper com seus
pressupostos.
 
resposta: 09

UEM 2008 – inverno

08 – Sobre as mudanças sofridas pelo Estado brasileiro,
os padrões que marcaram sua relação com a
sociedade civil e as interpretações produzidas sobre
essa temática, assinale o que for correto.
 
01) A passagem do Império para a República
implicou fortes transformações na organização
do poder político. Conforme exigências da nova
ordem, a denominada Primeira República
dissolveu o fenômeno da apropriação privada do
Estado pelas oligarquias.
02) O conceito de “modernização conservadora” é
aplicado para designar o grande controle que o
Estado exerceu sobre os processos de mudança
ocorridos no Brasil, como, por exemplo, aqueles
relacionados à industrialização.
04) A ascensão de Getúlio Vargas ao poder
promoveu, pela primeira vez no Brasil, a
inclusão, de forma autônoma, da classe
trabalhadora nos centros decisórios de políticas.
Por isso, esse estadista foi denominado “o pai
dos pobres”.
08) O patrimonialismo atribuído ao Estado
brasileiro por vários teóricos corresponde, entre
outros fatores, às relações de lealdade que se
estabeleceram entre os detentores do poder e
determinados grupos de elite. Como resultado,
dificultou-se a consolidação de uma burocracia
moderna para gerir a máquina pública do país.
16) No Brasil, o poder executivo concentrou,
historicamente, as maiores parcelas de poder
político. Ao lado de outros elementos, esse fato
explica a fragilidade do sistema partidário
brasileiro em cumprir sua função de permitir a
expressão e de garantir os direitos dos diferentes
grupos existentes em nossa sociedade.
 
resposta: 26

UEM 2008 – inverno

13 – Considere a reflexão contida no seguinte texto: “A
função biológica de gerar outros seres parecia
prender a mulher às leis inexoráveis da natureza,
torná-la inapta para se alçar ao nível da ‘civilização’
e ser, por excelência, o fator diferencial dos sexos.”
(ALMEIDA, Ângela Mendes. Mães, esposas,
concubinas e prostitutas. Seropédica: Edur, 1996, p.
05). Sobre a temática abordada pela autora, assinale
o que for correto.
 
01) Os recentes avanços políticos, econômicos e
culturais que favoreceram as mulheres em nossa
sociedade são exemplos das concessões feitas
pelos homens.
02) Fatores biológicos não determinam totalmente
os papéis de mulheres e de homens na família.
Por exemplo, na sociedade pós-industrial, os
filhos são criados, muitas vezes, por mãe e pai
que trocam constantemente de papel entre si.
04) Podemos concluir do texto que, em alguns
contextos, a função reprodutiva da mulher foi
um elemento definidor da sua condição como
indivíduo na sociedade.
08) Embora as mulheres tenham acumulado
conquistas políticas significativas nos últimos
tempos, o fato de os homens ainda ocuparem a
maioria dos cargos políticos comprova que esse
é o espaço natural da atuação masculina.
16) A divisão sexual do trabalho ocorre em todas as
sociedades e é fruto de um processo histórico
cultural específico a cada uma delas. É em
decorrência desse processo que algumas
atividades profissionais são predominantemente
femininas e outras masculinas.
 
resposta: 22

Blog Stats

  • 835,369 visitas
%d blogueiros gostam disto: