Clássicos da Sociologia UNIVESP – Karl Marx

Clássicos da Sociologia: Karl Marx
O aspecto sociológico do pensamento de Karl Marx é apresentado com base em entrevista do sociólogo Gabriel Cohn e a caracterização in loco da economia de uma pequena cidade paulista.

UEL 2011

36) Observe a charge.
 
(Disponível em: <http://complexowill.blogspot.com/2010/08/precisamos-aprender-novos-conceitos.html&gt;. Acesso em: 24 out. 2010.)
 
Com base na charge e nos conhecimentos sobre a teoria de Marx, é correto afirmar:
a) A produção mercantil e a apropriação privada são justas, tendo em vista que os patrões detêm mais capital do que os trabalhadores assalariados.
b) Um dos elementos constitutivos da acumulação capitalista é a mais-valia, que consiste em pagar ao trabalhador menos do que ele produziu em uma jornada de trabalho.
c) A mercadoria, para poder existir, depende da existência do capitalismo e da substituição dos valores de troca pelos valores de uso.
d) As relações sociais de exploração surgiram com o nascimento do capitalismo, cuja faceta negativa está em pagar salários baixos aos trabalhadores.
e) Sob o capitalismo, os trabalhadores se transformaram em escravos, fato acentuado por ter se tornado impossível, com a individualização do trabalho e dos salários, a consciência de classe entre eles.
 
resposta: B

UEL 2009

40) O texto a seguir faz referência a uma forma específica de organização do trabalho, que impulsionou o desenvolvimento do capitalismo industrial no século XX.
 
Texto VI
O trabalho era […] prender tampas de vidro em garrafas pequenas. Trazia na cintura a meada de barbante.
Segurava as garrafas entre os joelhos, para poder trabalhar com as duas mãos. Nesta posição, sentado e
curvado sobre os joelhos, os seus ombros estreitos foram se encurvando; o peito ficava contraído durante dez
horas por dia […] O superintendente tinha grande orgulho dele e trazia visitantes para observarem-no […] Isto
significava que ele atingira a perfeição da máquina. Todos os movimentos inúteis eram eliminados. Todos os
movimentos dos seus magros braços, cada movimento de um músculo dos dedos magros, eram rápidos e
precisos. Trabalhava sob grande tensão, e o resultado foi tornar-se nervoso.
(LONDON, J. Contos. São Paulo: Expressão Popular, 2005. p. 98.)
 
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que esta forma de organização do
trabalho
a) implicou um enriquecimento das tarefas a serem desenvolvidas, de tal modo que os trabalhadores poderiam operar, por exemplo, com a habilidade das duas mãos.
b) produziu um trabalhador mais intelectualizado, visto que a complexidade do seu trabalho coincidia com a complexidade da máquina utilizada.
c) apoiava-se no princípio do Just in time, isto é, trabalho a tempo justo, na maior autonomia do trabalhador frente a seus meios de trabalho.
d) generalizou a tarefa parcelar, monótona e desinteressante, pela subordinação do homem à máquina, distanciandoo, assim, do trabalho criativo.
e) revelou-se inviável em outros setores de atividade, como o caso dos escritórios e restaurantes de fast-food, embora tenha cido amplamente utilizada no espaço fabril ao longo do século XX.
 
resposta: D

Blog Stats

  • 1.353.269 visitas
%d blogueiros gostam disto: