UEL 2007

22- Max Weber, teórico cujos conhecimentos
continuam básicos para a Sociologia, procurou não
apenas conhecer a sociedade moderna, mas
explicar sua estrutura de dominação política e
econômica e suas disparidades.
Com base no enunciado e nos conhecimentos
sobre o autor, assinale a alternativa correta:
a) Para Weber, os interesses coletivos estão acima
dos interesses particulares, portanto, é possível
transformar a realidade social por meio da
acentuada divisão social do trabalho, já que esta
produz a solidariedade orgânica e ainda possui o
Direito Penal que, com suas sanções repressivas,
pode normalizar a sociedade nos momentos de
crise.
b) De acordo com o autor, a divisão do trabalho
capitalista expressa modos de segmentação da
sociedade que levam os indivíduos a ocuparem
posições desiguais, gerando antagonismos de
classes. Assim, a classe explorada, que no
capitalismo é a classe operária, seria a única
capaz de realizar a mudança da sociedade
capitalista para uma sociedade menos desigual.
c) Weber considera que somente a renda e a posse
geram desigualdades. Assim, a possibilidade do
desenvolvimento de uma sociedade mais justa é
utópica, pois as vantagens materiais derivam dos
próprios méritos dos indivíduos, que já nascem
desiguais em relação aos dons naturais,
inteligência, gosto e coragem, entre outros.
d) O autor, numa perspectiva simbólica, procura
explicar a sociedade capitalista e a sua
possibilidade de transformação. Considera que é
necessário analisar a sociedade
microssociologicamente, pois, como só alguns
grupos possuem capital simbólico e econômico de
maior significância na hierarquia social,
reproduzem a cultura, a ideologia, organizando o
sistema simbólico segundo a lógica da diferença.
e) Segundo Weber, as classes, os estamentos e os
partidos são fenômenos de distribuição de poder
dentro de uma comunidade, que se legitimam e se
definem pelos valores sociais convencionalmente
estabelecidos em dada sociedade.
resposta: E

UEL 2007

24- Para a teoria sociológica de Max Weber, em toda
sociedade há dominação, que é entendida como
uma “[…] probabilidade de haver obediência para
ordens específicas (ou todas) dentro de um
determinado grupo de pessoas […]”.
Fonte: WEBER, M. Tradução de Regis Barbosa e Karen Elsabe
Barbosa. Economia e Sociedade, Brasília: Ed. UnB, 1991, p.
139.
De acordo com a teoria sociológica do autor, é
correto afirmar que os três tipos puros de
dominação legítima são:
a) Racional, tradicional e carismática.
b) Econômica, social e política.
c) Feudal, capitalista e comunista.
d) Monárquica, absolutista e republicana.
e) Socialista, neoliberal, social-democrata.
resposta: A 

Blog Stats

  • 1.378.470 visitas
%d blogueiros gostam disto: