UEL 2010

34) Observe a charge a seguir:

(BEYNON, H. Trabalhando para Ford. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995, p.192.)

 

Com base na charge e nos conhecimentos sobre o tema, considere as afirmativas a seguir:
I. Um dos impactos do sistema Ford de produção foi o elevado índice de homicídios entre os operários, decorrentes de brigas motivadas por ganhos de produtividade e ritmos extenuantes de trabalho.
II. A separação entre concepção e execução das tarefas representaram, no taylorismo-fordismo, o declínio do operário de ofício e a potencialização do trabalho desqualificado.
III. Datado historicamente, o taylorismo-fordismo foi abandonado com o desenvolvimento das formas de gestão propostas pelo toyotismo, que exige o desprezo pelo controle dos tempos e movimentos.
IV. Embora nascido no espaço fabril, os métodos propostos por Ford se generalizaram no século XX, abarcando o setor de serviços, como é o caso de fast-foods.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

 

Resposta: B

UEL 2005

40- Fordismo é um termo que se generalizou a partir da
concepção de Antonio Gramsci, que o utiliza para
caracterizar o sistema de produção e gestão
empregado por Henry Ford, em sua fábrica, a Ford
Motor Co., em Highland Park, Detroit, em 1913. O
método fordista de organização do trabalho produziu
surpreendente crescimento da produtividade,
garantindo, assim, produção em larga escala para
consumo de massa. O papel desempenhado pelo
fordismo, enquanto sistema produtivo, despertou, por
exemplo, a atenção de Charles Chaplin, que o retratou
com ironia no filme Os Tempos Modernos. Assinale a
alternativa que apresenta características desse
método de gestão e de organização técnica da
produção de mercadorias.
a) Unidade entre concepção e execução, instaurando
um trabalho de conteúdo enriquecido, preservandose,
assim, as qualificações dos trabalhadores.
b) Substituição do trabalho fragmentado e simplificado,
típico da Revolução Industrial, pelas “ilhas de
produção”, onde o trabalho é realizado em equipes.
c) Supressão progressiva do trabalhador taylorizado e,
conseqüentemente, combate ao “homem boi”,
realizador de trabalhos desqualificados, restituindose,
em seu lugar, o trabalhador polivalente.
d) Controle dos tempos e movimentos do trabalho, com
a introdução da esteira rolante, e de salários mais
elevados em relação à média paga nas demais
empresas.
e) Redução das distâncias hierárquicas no interior da
empresa, como forma de estimular o trabalho em
grupos, resultando em menos defeitos de fabricação e
maior produção.
resposta: D

Blog Stats

  • 1.426.742 visitas
%d blogueiros gostam disto: