ENEM 2015

Q25 (Enem 2015 – azul)  Não nos resta a menor dúvida de que a principal contribuição dos diferentes tipos de movimentos sociais brasileiros nos últimos vinte anos foi no plano da reconstrução do processo de democratização do país. E não se trata apenas da reconstrução do regime político, da retomada da democracia e do fim do Regime Militar. Trata-se da reconstrução ou construção de novos rumos para a cultura do país, do preenchimento de vazios na condução da luta pela redemocratização, constituindo-se como agentes interlocutores que dialogam diretamente com a população e com o Estado.

GOHN, M. G. M. Os sem-terras, ONGs e cidadania. São Paulo: Cortez, 2003 (adaptado).

 

No processo da redemocratização brasileira, os novos movimentos sociais contribuíram para

a) diminuir a legitimidade dos novos partidos políticos então criados.

b) tornar a democracia um valor social que ultrapassa os momentos eleitorais.

c) difundir a democracia representativa como objetivo fundamental da luta política.

d) ampliar as disputas pela hegemonia das entidades de trabalhadores com os sindicatos.

e) fragmentar as lutas políticas dos diversos atores sociais frente ao Estado.

 

Resposta: B

UEL 2009

27) No dia 5 de outubro de 2008, a Constituição Federal Brasileira completou 20 anos. Dentre as inovações, é correto afirmar que a nova Carta, também conhecida como “Constituição Cidadã”,
a) revalidou os princípios estabelecidos pelo Ato Institucional nº 5, de 1968, que garantia maior liberdade de expressão a cada cidadão.
b) viabilizou o retorno das eleições diretas para presidente da República, consolidando, assim, a proposta defendida pela emenda Dante de Oliveira anos antes.
c) centralizou ainda mais o poder nas mãos do Executivo a fim de garantir o princípio federativo e de combater a
corrupção no Legislativo e o abuso de poder no Judiciário.
d) restabeleceu o princípio do direito de greve para o setor privado, ficando, porém, o setor público impedido de se organizar em sindicatos.
e) desconsiderou as emendas populares e aquelas apresentadas pelos lobbies, grupos de pressão que tentavam influenciar as decisões dos parlamentares.

 

resposta: B

 

UEL 2009

26) Ancorado na formulação do General Golbery do Couto e Silva de uma abertura “lenta, gradual e restrita”, o processo de redemocratização do Brasil teve como um de seus desdobramentos a anistia “ampla, geral e irrestrita”. No entanto, passadas duas décadas, as feridas daquele período continuam abertas, seja pelo fato de dezenas de vítimas da repressão continuarem classificadas como “desaparecidas”, seja pelos pedidos de indenização por parte daqueles que declaram ter sofrido os “excessos do regime militar”.
Com base nos conhecimentos sobre o regime militar no Brasil e a transição política para a democracia, considere
as afirmativas a seguir.
I No regime militar, vigorou o Estado de Direito, isto é, a preservação, pelos generais, da cidadania plena,
como preceito inviolável a ser mantido a qualquer custo.
II O regime militar implicou para a economia brasileira uma acelerada industrialização e modernização do
país, com a construção, inclusive, de usinas nucleares.
III A principal resistência ao regime militar teve origem nas camadas de baixa renda, que forneceram os
principais efetivos humanos da guerrilha urbana brasileira.
IV A transição democrática produziu, de um lado, o movimento pela Constituinte e, de outro, o fim do bipartidarismo, expresso pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA) e pelo Movimento Democrático Brasileiro
(MDB).
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

 

resposta: C

 

UEL 2005

27- “Era a manhã ensolarada do dia 1º de maio de 1980, e as
pessoas que haviam chegado ao centro de São Bernardo
do Campo para a comemoração da data se depararam
com a cidade ocupada por 8 mil policiais armados, com
ordens de impedir qualquer concentração. Já desde as
primeiras horas daquele dia as vias de acesso estavam
bloqueadas por comandos policiais que vistoriavam
ônibus, caminhões e automóveis […]. Pela manhã,
enquanto um helicóptero sobrevoava os locais previstos
para as manifestações, carros de assalto e brucutus
exibiam a disposição repressiva das forças da ordem”
(SADER, Eder. Quando novos personagens entram em
cena. São Paulo: Paz e Terra, 1995. p. 27.)
Com base nos conhecimentos sobre a história recente
do Brasil, é correto afirmar que, nesse episódio, o
autor se refere ao:
a) Movimento estudantil, que lutava contra a reforma
universitária de perfil privatista, implantada pelo
governo João Figueiredo.
b) Movimento operário, que lutava contra a ditadura
militar, contra o arrocho salarial e pela
democratização do país.
c) Movimento das panelas vazias, que, apesar de o país
já se encontrar plenamente democratizado, restringia
sua luta à reposição das perdas salariais devido ao
arrocho imposto na década anterior pelo regime
militar.
d) Movimento dos desempregados, constituído no
processo de abertura política, e que sustentava a
bandeira do pleno emprego.
e) Movimento camponês, que, embora se constituísse
numa força política emergente dos escombros do
regime militar, mostrava grande capacidade de
mobilização das classes médias urbanas.
resposta: B

UEL 2003

31 – Ato contra o custo de vida na Praça da Sé em São Paulo, quebra-quebras de trens de passageiros nos grandes centros urbanos, criação dos Conselhos de Condição Feminina, organização de lutas por creche, acampamento de trabalhadores sem-terra em frente ao Palácio do Governo na capital gaúcha, ressurgimento das SABs (Sociedades Amigos de Bairro) nas periferias das metrópoles, fóruns e congressos de estudantes. Esses acontecimentos alteraram a rotina das cidades brasileiras entre a segunda metade dos anos 1970 e a primeira metade dos anos 1980.
Esses eventos ocorridos concomitantemente sinalizam o surgimento de um fenômeno que marcou a história recente do país. Qual é esse fenômeno?
a) Restrição do quadro partidário brasileiro a partir do enfraquecimento da ditadura militar instalada em 1964.
b) Surgimento de novos movimentos sociais caracterizados pela autonomia política em relação ao Estado, aos partidos e aos sindicatos.
c) Mobilização da sociedade civil em defesa da família, da propriedade privada e da ordem moral.
d) Resistência organizada dos setores populares às reformas e ajustes estruturais neoliberais, implantados pelos governos militares.
e) Aparecimento de um sindicalismo subordinado ao Estado e aos patrões.
resposta: B

Blog Stats

  • 1.454.618 visitas
%d blogueiros gostam disto: