UEL 2011

40) Leia o texto a seguir.
Na verdade, a ideologia impessoal do liberalismo democrático jamais se naturalizou entre nós. Só assimilamos
efetivamente esses princípios até onde coincidiram com a negação pura e simples de uma autoridade
incômoda, confirmando nosso instintivo horror às hierarquias e permitindo tratar com familiaridade os governantes.
(HOLANDA, S. B. de. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p. 160.)

 

O trecho de Raízes do Brasil ilustra a interpretação de Sérgio Buarque de Holanda sobre a tradição política
brasileira.
A esse respeito, considere as afirmativas a seguir.
I. As mudanças políticas no Brasil ocorreram conservando elementos patrimonialistas e paternalistas que
dificultam a consolidação democrática.
II. A política brasileira é tradicionalmente voltada para a recusa das relações hierárquicas, as quais são incompatíveis com regimes democráticos.
III. As relações pessoais entre governantes e governados inviabilizaram a instauração do fenômeno democrático
no país com a mesma solidez verificada nas nações que adotaram o liberalismo clássico.
IV. A cordialidade, princípio da democracia, possibilitou que se enraizassem, no país, práticas sociais opostas
aos princípios do clientelismo político.

 

Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

 

resposta: B
Anúncios

UEL 2011

39) Leia o texto a seguir.
A maior parte dos sábios, como Isaac Newton, era profundamente crente e pensava que descobrir as leis da
natureza graças à física é descobrir a obra de uma providência absolutamente divina e convencer-se de que a
organização do mundo não é produto do acaso. Muito antes das Luzes, é no declínio das antigas hierarquias
e no turbilhão suscitado pela chegada ao Novo Mundo que devemos buscar a fonte da revolução científica.
É nesse contexto que as novas ciências abandonam a concepção de natureza como algo maravilhoso, governado
por princípios ocultos, e passam a imaginá-la como uma máquina gigantesca. A tal engrenagem
seguiria leis reguladoras e necessárias, passíveis de serem traduzidas em linguagem matemática. Isso não
impediria, contudo, que a visão mecanicista da natureza continuasse por muito tempo como um ato de fé,
incapaz de explicar fenômenos tão familiares como a coesão de materiais, a queda dos corpos ou a maré.
(Adaptado de: JENSEN, P. O saber não é neutro. Le Monde Diplomatique Brasil, Ed. Instituto Polis, jun. 2010, ano 3, n. 35, p. 34.)

 

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a revolução científica, é correto afirmar:
a) A revolução científica possibilitou demonstrar, no terreno da vida social, que o saber é neutro, pois é baseado em provas empíricas reveladoras de uma forma de verdade que não comporta manipulações pelos homens.
b) A revolução científica comprovou que as mesmas leis gerais que regem o mundo físico atuam também sobre a
realidade social, de tal modo que, compreendendo uma, se compreende diretamente a outra.
c) Para a revolução científica, ciência e religião são formas de compreensão racional da realidade, estando ambas regidas pelos princípios de observação, verificação e experimentação capazes de demonstrar a hipótese inicial.
d) A grande contribuição da revolução científica para as ciências humanas foi demonstrar que as relações sociais
possuem regularidades matemáticas, o que permite prever com exatidão os comportamentos dos indivíduos e de
grupos de indivíduos.
e) Ainda que impossibilitada de explicar a dinâmica da vida social, a revolução científica trouxe para o terreno
das ciências humanas o princípio da racionalidade da investigação como caminho para a apreensão objetiva
dos fatos.
 
resposta: E

UEL 2011

38) O positivismo foi uma das grandes correntes de pensamento social, destacando-se, entre seus principais teóricos, Augusto Comte e Émile Durkheim. Sobre a concepção de conhecimento científico, presente no positivismo do século XIX, é correto afirmar:
a) A busca de leis universais só pode ser empreendida no interior das ciências naturais, razão pela qual o conhecimento sobre o mundo dos homens não é científico.
b) Os fatos sociais fogem à possibilidade de constituírem objeto do conhecimento científico, haja vista sua incompatibilidade com os princípios gerais de objetividade do conhecimento e a neutralidade científica.
c) Apreender a sociedade como um grande organismo, a exemplo do que fazia o materialismo histórico, é rejeitado como fonte de influência e orientação para as investigações empreendidas no âmbito das ciências sociais.
d) A ciência social tem como função organizar e racionalizar a vida coletiva, o que demanda a necessidade de
entender suas regras de funcionamento e suas instituições forjadas historicamente.
e) O papel do cientista social é intervir na construção do objeto, aportando à compreensão da sociedade os valores por ele assimilados durante o processo de socialização obtido no seio familiar.
 
resposta: D

 

UEL 2011

37) O conceito de ação social desempenha papel fundamental no conjunto teórico construído por Max Weber.
Sobre este conceito utilizado por Max Weber, considere as afirmativas a seguir.
I. A ação social foca o agente individual, pois este é o único capaz de agir e de atribuir sentido à sua ação.
II. Interpretar a reciprocidade entre as ações sociais possibilita ao cientista social a compreensão sobre as
regularidades nas relações sociais.
III. A imitação e as ações condicionadas pelas massas são exemplos típicos de ação social, pois são motivadas
pela consciência racional da importância de viver em sociedade.
IV. O que permite compreender o agir humano enquanto ação social é o fato de ele possuir um sentido único
e objetivo para todos os agentes envolvidos.

 

Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

 

resposta: A

 

UEL 2011

36) Observe a charge.
 
(Disponível em: <http://complexowill.blogspot.com/2010/08/precisamos-aprender-novos-conceitos.html&gt;. Acesso em: 24 out. 2010.)
 
Com base na charge e nos conhecimentos sobre a teoria de Marx, é correto afirmar:
a) A produção mercantil e a apropriação privada são justas, tendo em vista que os patrões detêm mais capital do que os trabalhadores assalariados.
b) Um dos elementos constitutivos da acumulação capitalista é a mais-valia, que consiste em pagar ao trabalhador menos do que ele produziu em uma jornada de trabalho.
c) A mercadoria, para poder existir, depende da existência do capitalismo e da substituição dos valores de troca pelos valores de uso.
d) As relações sociais de exploração surgiram com o nascimento do capitalismo, cuja faceta negativa está em pagar salários baixos aos trabalhadores.
e) Sob o capitalismo, os trabalhadores se transformaram em escravos, fato acentuado por ter se tornado impossível, com a individualização do trabalho e dos salários, a consciência de classe entre eles.
 
resposta: B

UEL 2011

35) Leia o texto a seguir.
O empresário Ruppert Murdoch, dono do império de mídia News Corporation e conhecido pelas ideias conservadoras, disse ontem que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é discípulo de Margareth Tatcher, premiê
britânica do fim dos anos 70 até o início dos 90 e conhecida como “a dama de ferro.”
(Folha de S. Paulo, B8, Mercado, 22 out. 2010: Lula é discípulo de Thatcher, diz Murdoch.)
 
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tatcherismo, é correto afirmar:
a) O que aproxima os governos Lula daqueles de Margareth Tatcher é a incorporação, por ambos, das políticas de Estado mínimo, incrementando, assim, as práticas de welfare-state.
b) Os governos Lula e Margareth Tatcher possuem, como pontos comuns, o maior poder atribuído aos sindicatos, razão pela qual, nestes governos, o controle da economia esteve nas mãos do que se convencionou chamar de “república sindicalista”.
c) O tatcherismo representou a implementação, em território britânico, de políticas denominadas neoliberais,
assentadas nos princípios da privatização das empresas e flexibilização das leis trabalhistas.
d) A base de ambos os governos foram as limitações à liberdade de expressão, práticas adotas nos antigos países do extinto bloco soviético, o que, no caso inglês, rendeu a Tatcher a denominação de “a dama de ferro”.
e) Assim como o tatcherismo, o lulismo incorporou o princípio neoliberal de controle dos setores populares mediante a ampliação dos programas de assistência às famílias mais carentes.

 

resposta: C

UEL 2011

34) Observe a charge a seguir.
 
(Folha de São Paulo, São Paulo, 15 ago. 2010, p. 2.)
 
De acordo com a charge, é correto afirmar:
a) A resolução dos problemas na Educação passa pela adoção dos programas neoliberais de reforço dos investimentos sociais pelo Estado.
b) Benefícios sociais dirigidos à educação são desnecessários e dispendiosos já que os pobres recebem auxílios públicos demais.
c) As políticas sociais de assistencialismo elaboradas pelo Estado têm como resultado direto a eliminação dos problemas vividos pela educação.
d) Políticas de bem-estar social revelam-se ineficazes em razão do conformismo dos pobres com sua situação material  de existência.
e) Iniciativas inspiradas pelas políticas de bem-estar social podem produzir a acomodação dos indivíduos às benesses instituídas pelo poder público.

 

resposta: E

 

UEL 2011

33) Leia o texto a seguir.
Com vestidos de noivas e ternos, três casais gays […] se apresentaram nesta quarta-feira no cartório de
registro civil de Montevidéu para uma simulação de casamento, no lançamento de uma campanha em favor
do casamento homossexual.
(Folha de São Paulo, 19 maio 2010, Caderno Mundo. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp&gt;. Acesso em: 19 maio 2010.)
 
Com base no texto e nos conhecimentos sobre os novos movimentos sociais, considere as afirmativas a seguir.
I. Desde a segunda metade do século XX, o Ocidente vivencia a explosão de variados movimentos sociais
cujo eixo são as políticas identitárias.
II. Movimentos sociais são expressão de demandas do cotidiano que se transformam em reivindicações coletivas
para a ampliação dos direitos de cidadania.
III. O que diferencia o movimento gay em relação ao antigo movimento operário é a negação da instância
política enquanto elemento mediador da ação reivindicativa.
IV. Dentre as condições para a existência de movimentos sociais está o respeito aos valores morais tradicionais,
como a aceitação da união heterossexual e a negação da homossexual.

 

Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

 

resposta: A

UEL 2011

32 Observe a charge.
 
(www.nathaliakarl.wordpress.com/…/policia-e-ladrao/)
A charge remete a uma determinada percepção existente hoje entre estratos da população brasileira a respeito
da questão da segurança pública. Com base na charge, é correto afirmar:
a) As crianças são as principais responsáveis pela visão negativa que, socialmente, se construiu dos órgãos de segurança pública.
b) A vantagem da polícia em relação ao ladrão é que a primeira usa arma de fogo enquanto o segundo está restrito às armas brancas.
c) Situações de exceção tendem a produzir, em parte da população, descrédito em relação às instituições de
proteção da cidadania.
d) A melhor maneira de se proteger é não sair à rua, pois pode haver conflitos entre policiais e ladrões, fazendo vítimas inocentes.
e) As diferenças entre policiais e ladrões seriam claras na consciência dos indivíduos se as mães educassem melhor seus filhos a não cometer equívocos.
 
resposta: C

 

UEL 2011

31) Leia o texto a seguir, que remete ao debate sobre questões de gênero.
A violência contra a mulher acontece cotidianamente e nem sempre ganha destaque na imprensa, afirmou a
ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire […]. “Quando surgem casos, principalmente
com pessoas famosas, que chegam aos jornais, é que a sociedade efetivamente se dá conta de que aquilo
acontece cotidianamente e não sai nos jornais. As mulheres são violentadas, são subjugadas cotidianamente
[…]”, afirmou a ministra. […] “Eliza morreu porque contrariou um homem que achou que lhe deveria impor um
castigo. Ela morreu como morrem tantas outras quando rompem relacionamentos violentos”, disse a ministra.
(VIOLÊNCIA contra as mulheres é diária, diz ministra, Agência Brasil, Brasília, 11 jul. 2010.)
 
Com base no texto e nos conhecimentos socioantropológicos sobre o tema, é correto afirmar:
a) Questões de gênero são definidas a partir da classe social, razão pela qual são mais presentes nas camadas populares do que entre as elites.
b) As identidades sociais masculina e feminina são configuradas a partir de características biológicas imutáveis presentes em cada um.
c) As diferenças de gênero são determinadas no terreno econômico, daí o fato de serem produto da sociedade capitalista.
d) As experiências socialistas do século XX demonstram que nelas as questões de gênero são resolvidas de modo a estabelecer a igualdade real entre homens e mulheres.
e) As relações de gênero são construídas socialmente e favorecem, nas condições históricas atuais, a dominação
masculina.

 

resposta: E

Entradas Mais Antigas Anteriores

Blog Stats

  • 861,436 visitas
%d blogueiros gostam disto: