UEM 2009 – inverno

Questão 01
Assinale o que for correto sobre a estrutura e a
estratificação social brasileira no período compreendido
entre 1950 e 1980.
 
01) O processo de modernização capitalista adotado pelo
regime militar modificou radicalmente a estrutura
agrária baseada no modelo concentrador de terras,
promovendo uma ampla reforma dos latifúndios
improdutivos e eliminando as condições precárias de
trabalho no campo.
02) Um dos efeitos do chamado “milagre econômico” foi
a ascensão social dos trabalhadores domésticos,
sobretudo das mulheres empregadas em serviços de
limpeza em residências.
04) A expansão da produção industrial promoveu a
valorização de profissões associadas ao novo padrão
de gestão e organização do trabalho, que se tornou
mais burocratizado e racionalizado.
08) As perspectivas de ascensão social alimentadas pela
classe média foram reforçadas pela consolidação do
sistema universitário que, por meio da educação
superior, criou novas possibilidades de qualificação
profissional.
16) A camada de trabalhadores especializados foi
ampliada em setores significativos da expansão
produtiva, tais como a indústria automobilística,
alterando o perfil do proletariado de regiões
altamente industrializadas.
 
resposta: 28

UEM 2009 – inverno

Questão 02
Em 2008, foi comemorado o centenário da Imigração
Japonesa no Brasil. Considerando esse fato e utilizando
seus conhecimentos sobre a temática da “diversidade
étnica na cultura brasileira”, assinale o que for correto.
 
01) A integração dos japoneses à nova pátria ocorreu sem
resistências de ambos os lados, sendo a convivência
inicial entre brasileiros e japoneses harmoniosa,
independente de suas diferenças culturais.
02) Para os imigrantes japoneses, a chegada na nova terra
representou uma profunda mudança. Por meio de
associações civis, educativas e religiosas, eles
procuram construir uma nova identidade,
combinando a memória do passado com as
experiências do presente.
04) A regra tradicional de casamento intraétnico,
configuração familiar característica dos primeiros
anos de imigração, raramente foi rompida ou
questionada pelas novas gerações, mantendo-se como
uma das principais formas de afirmação da
identidade japonesa.
08) A imigração implicou uma nova construção do
“modo de ser japonês”, processo de construção
identitária que se mantém com as novas gerações e
que pode ser observado nas formas de apropriação e
de consumo de produtos da indústria cultural
japonesa, como os mangás e os animes.
16) Nas décadas de 1980 e 1990, um número
considerável de descendentes de japoneses partiram
para o Japão em busca de empregos. Esse movimento
imigratório enfraqueceu-se no contexto atual.
 
resposta: 26

UEM 2009 – inverno

Questão 03
Considerando o shopping center como um dos espaços
contemporâneos nos quais as relações sociais podem se
estabelecer, assinale o que for correto.
 
01) Sua origem está nas lojas de departamento do século
XIX, na medida em que esses espaços, como aqueles,
constituem-se em lugares de encontro e de
sociabilidade burguesa.
02) O seu sistema de comercialização é baseado em um
tipo de ação social tradicional, tendo por fundamento
os costumes arraigados e as relações familiares.
04) As decisões de implantação e de construção desse
estabelecimento são geralmente tomadas por
pequenos empreendedores, motivados pelo interesse
em promover projetos de desenvolvimento social.
08) Trata-se de um espaço público, pois incorpora, no
formato de uma “cidade artificial”, todas as
dimensões de direitos e de participação política
encontradas na “cidade real”.
16) Ao associar as mercadorias a diversas formas de
espetáculos, ele transforma o consumo de
necessidades em consumo orientado pelo prazer.
 
resposta: 17

UEM 2009 – inverno

Questão 04
Leia o texto a seguir:
“Cada vez mais evidente, a pobreza é estigmatizada, quer
pelo caráter de denúncia da falência da sociedade e do
Estado em relação às suas funções junto à população,
quer pelo contraste com a abundância de produtos, quer
pelo perigo iminente de convulsão social que para ela
aponta. A violência e a agressividade aumentam, criando
um clima de guerra civil nas grandes cidades, onde os
índices de criminalidade são alarmantes. Ao medo e à
insegurança, gerados na população, associa-se o
preconceito e uma atitude de discriminação contra as
camadas pobres da população, as favelas e os centros das
cidades.” (COSTA, Cristina. Sociologia: introdução à
ciência da sociedade. São Paulo: Moderna, 2005, p.256-
257.)
Considerando o texto acima e os processos de exclusão
social no Brasil, é correto afirmar que
 
01) a estigmatização estabelece distinções sociais entre
grupos considerados dignos e outros associados com
noções de vergonha, desvio e criminalidade.
02) a população pobre é a principal responsável pelo
crescimento da criminalidade nos centros urbanos,
aliando-se a organizações ilegais e exaltando a
“cultura da pobreza” em produções culturais como o
rap ou o hip hop.
04) o apelo ao consumo, feito pelas campanhas
publicitárias veiculadas nos meios de comunicação
de massa, evidencia o contraste entre uma sociedade
construída nas propagandas e a situação de carência e
de exclusão de grande parte da população.
08) a principal causa da pobreza, sobretudo nos centros
urbanos, é a carência psicológica, ou seja, o
sentimento de autodesvalorização das populações
pobres em relação às ricas.
16) é possível identificar, no perfil biológico da
população de uma determinada cidade, as
justificativas para as condições precárias de
sobrevivência de certos grupos sociais.
 
resposta: 05

UEM 2009 – inverno

Questão 05
Leia o texto a seguir:
“O lado dramático e cruel da situação educacional
brasileira está exatamente aí. O homem da camada social
dominante tira proveito das deformações de sua
concepção de mundo. Ao manter a ignorância, preserva
sua posição de mando, com os privilégios
correspondentes. O mesmo não sucede com o homem do
Povo. As deformações de sua concepção de mundo
atrelam-no, indefinidamente, a um estado de
incapacidade, miséria e subserviência. Transformar essa
condição humana, tão negativa para a sociedade
brasileira, não poderia ser uma tarefa exclusiva das
escolas. Todo o nosso mundo precisaria reorganizar-se,
para atingir-se esse fim. No entanto, é sabido que as
escolas teriam uma contribuição específica a dar, como
agências de formação do horizonte intelectual dos
homens.” (FERNANDES, Florestan. Educação e
Sociedade no Brasil. In: TOMAZI, Nelson. Sociologia
para o Ensino Médio. São Paulo: Atual, 2007, p. 155-
156.)
Considerando o que diz o trecho acima e as
características da “instituição escolar”, assinale o que for
correto.
 
01) A escola é a instituição social responsável por
promover, por meio da reorganização intelectual das
classes dominantes, a transformação social.
02) As diferenças culturais existentes na sociedade de
classes favorecem as camadas dominantes que
encontram, na escola, o reforço e a valorização de
conhecimentos já compartilhados no espaço familiar.
04) O homem do povo encontra, na escola, um espaço de
valorização dos seus saberes, os quais se
transformam em um componente fundamental de
ingresso no mercado de trabalho na sociedade
capitalista.
08) Em uma sociedade de classes, os filhos das classes
dominantes e populares desenvolvem, por meio da
educação escolar, as mesmas competências e
habilidades.
16) Quando assumem a responsabilidade de agir sobre a
formação intelectual humana, as escolas têm um alto
potencial transformador.
 
resposta: 18

UEM 2009 – inverno

Questão 06
Leia o fragmento abaixo:
“O príncipe eletrônico pode ser visto como uma das mais
notáveis criaturas da mídia, isto é, da indústria cultural.
Trata-se de uma figura que impregna amplamente a
Política, como teoria e prática. Impregna a atividade e o
imaginário de indivíduos e coletividades, grupos e classes
sociais, nações e nacionalidades, em todo o mundo. Em
diferentes gradações, conforme as peculiaridades
institucionais e culturais da política em cada sociedade, o
príncipe eletrônico influencia, subordina, transforma ou
mesmo apaga partidos políticos, sindicatos, movimentos
sociais, correntes de opinião, legislativo, executivo e
judiciário.” (IANNI, Octávio. O príncipe eletrônico. In:
COSTA, Cristina. Sociologia: introdução à ciência da
sociedade. São Paulo: Moderna, p.296.)
Considerando o texto acima, assinale a(s) alternativa(s)
correta(s).
 
01) Na sociedade contemporânea, as tecnologias de
comunicação tornam-se instrumentos significativos
na condução dos processos políticos e eleitorais.
02) A mídia tem-se constituído como um espaço
extremamente democrático do mundo globalizado,
valorizando a diversidade de posicionamentos
políticos e garantindo a integridade das mais variadas
instituições políticas tradicionais.
04) As concepções de mundo divulgadas pela mídia têm
um forte impacto sobre a vida cotidiana e são
suficientemente poderosas a ponto de influenciar a
organização política de uma nação.
08) As tecnologias de comunicação são utilizadas pelas
grandes corporações mundiais com o objetivo de
fazer que seus projetos sejam aceitos pelos
dominados.
16) A expressão “príncipe eletrônico” está associada à
concepção clássica de política construída por Nicolau
Maquiavel e é utilizada no texto acima como forma
de destacar os processos de enfraquecimento do
poder do Estado Moderno na vida política
contemporânea.
 
resposta: 29

UEM 2009 – inverno

Questão 07
Considerando que a Declaração Universal dos Direitos
Humanos completou 60 anos em 2008 e utilizando seus
conhecimentos sobre o tema “cidadania: direitos sociais,
civis e políticos”, assinale o que for correto.
 
01) Os artigos que integram a Declaração Universal dos
Direitos Humanos expressam a vontade de assegurar
os valores de justiça, solidariedade, igualdade e
tolerância a todos os povos.
02) A existência de regimes democráticos é, em si, uma
garantia de que a cidadania pode ser amplamente
exercida e os direitos humanos assegurados aos
diferentes grupos sociais.
04) Há uma relação direta entre grau de instrução e
garantia de direitos sociais, civis e políticos; por isso,
a luta por educação pública, gratuita e de qualidade é
uma bandeira permanente para diversos movimentos
sociais.
08) Em países nos quais uma pequena parcela da
população concentra a riqueza nacional, a grande
maioria não tem acesso a bens de cidadania como
saúde, educação e habitação.
16) No Brasil, durante o regime militar, a luta pela
afirmação dos direitos civis e políticos foi duramente
reprimida por um Estado que, mesmo autoritário,
criou instituições que asseguraram, por exemplo, o
direito social à aposentadoria.
 
resposta: 29

UEM 2009 – inverno

Questão 08
Ao refletir sobre a religião como fenômeno social,
assinale o que for correto.
 
01) Formas de religião e vestígios de religiosidade são
encontrados entre todos os povos e culturas. Eles se
manifestam em cultos relativos à vida, à natureza e
aos mortos ou em sistemas de explicação para a
existência humana e do universo.
02) O sagrado não é uma categoria restrita à religião,
podendo manifestar-se em outros fenômenos
simbólicos da vida social.
04) A superioridade do cristianismo sobre outras
expressões religiosas pode ser demonstrada pelo seu
domínio e importância entre os povos do Ocidente.
08) A umbanda não pode ser considerada um sistema
religioso, afinal tal classificação não reconhece como
sagrado cultos miscigenados ou híbridos.
16) Os princípios religiosos do Islã determinam o Oriente
Médio como território sagrado, sendo proibida essa
prática religiosa em outros territórios do globo,
considerados pelos muçulmanos como espaços
profanos e impuros.
 
resposta: 03

UEM 2009 – inverno

Questão 09
Leia o texto a seguir:
“Os números sobre o desmatamento de diversos biomas,
o crescimento das cidades no interior do País e o próprio
projeto político trazido pelo crescimento da economia
capitalista recolocam o debate acerca de qual é o modelo
de desenvolvimento que desejamos construir. Essas
questões se apresentam de forma candente quando
focamos nosso olhar na região amazônica, alvo de
permanentes discussões nacionais e internacionais e de
poucas ações visando à melhoria concreta de vida da
população que lá reside.” (Revista Sociologia, Ano II,
no.19, p.32.)
Considerando o trecho da reportagem acima e o tema
“meio ambiente e desenvolvimento econômico”, assinale
o que for correto.
 
01) No modo de produção capitalista, a exploração do
meio ambiente segue uma racionalidade econômica
que visa garantir retorno financeiro aos investidores.
02) No Brasil, a produção em larga escala de grãos tem
sido feita inclusive na região amazônica com o
objetivo de valorizar a mão-de-obra local, detentora
de tradição e experiência no plantio dessas culturas.
04) A construção de alternativas sustentáveis de
desenvolvimento econômico na Amazônia deve
privilegiar projetos que visam, por exemplo, à
criação extensiva de gado, em razão do relevo de
planícies que domina a região.
08) O desgaste dos recursos naturais e o desmatamento
são alguns dos efeitos do desenvolvimento de
atividades produtivas praticadas pelo setor agrícola.
16) O controle do uso dos recursos naturais na região
amazônica atrai a atenção de grupos ambientalistas
no Brasil e em vários lugares do mundo, porque a
proteção da diversidade da vida animal e vegetal na
Terra se tornou um problema ambiental que só pode
ser tratado globalmente.
 
resposta: 25

UEM 2009 – inverno

Questão 10
Considerando o papel das sociedades indígenas no
processo de formação da diversidade étnica brasileira,
assinale o que for correto.
 
01) O trabalho nessas sociedades é marcado por três
elementos básicos: relações de parentesco,
obrigações rituais e míticas e falta de separação entre
atividades produtivas e lúdicas.
02) Para além da diversidade de comunidades, de grupos
e de nações indígenas, é possível identificar o “índio
brasileiro” como portador de uma identidade étnica
única.
04) As populações indígenas gastam pouco tempo
executando tarefas voltadas à satisfação de suas
necessidades materiais e sociais, porque são
naturalmente mais vagarosas.
08) O contato interétnico entre índios e brancos, durante
o processo de colonização da sociedade brasileira,
provocou o genocídio de diversas populações
indígenas, revelando que essas relações foram
reguladas pela violência.
16) As posturas colonialistas partiam da oposição entre
“primitivos” e “civilizados”, o que fez que a
contribuição dos povos indígenas ao processo de
formação da sociedade brasileira fosse identificada
como sinal de atraso.
 
resposta: 25

Entradas Mais Antigas Anteriores

Blog Stats

  • 742,072 visitas
%d blogueiros gostam disto: